25 Abril. Dino d´Santiago nas comemorações em São Bento

A residência oficial do primeiro-ministro estará aberta aos cidadãos entre as 14:30 e as 18:00 de segunda-feira e a entrada para o conjunto de eventos é gratuita.

No ano passado, por causa da pandemia da covid-19, os jardins do Palacete de São Bento estiveram abertos ao público, mas com restrições de ordem sanitária.

Em 2021, o primeiro-ministro, António Costa, atribuiu a medalha de mérito cultural a Sérgio Godinho, inaugurou uma escultura de Fernanda Fragateiro e o programa cultural das comemorações teve transmissão online.

Neste ano, segundo o gabinete do primeiro-ministro, o 48º aniversário do 25 de Abril será celebrado no Palacete de São Bento com um programa cultural “para públicos de todas as idades e gerações, contando com uma dezena de espetáculos e atividades a decorrer nos vários espaços dos jardins.

Espetáculos e atividades que vão desde a música à dança, passando pelas artes visuais e workshops, destacando-se neste programa, no que respeita à música, as atuações de Dino d’Santiago e da Orquestra Sem Fronteiras.

As atividades começam pelas 14:30 com os Pauliteiros de Miranda e o grupo de percussão Bardoada.

Para as 15:00, está previsto o começo da atuação da Orquestra Sem Fronteiras e a aberta de um espetáculo infantil, intitulado “As árvores não têm pernas para andar”, de Joana Gama. Também às 15:00, haverá um workshop de produção de cartazes e postais em tipografia pela Oficina do Cego.

De acordo com uma nota do gabinete do primeiro-ministro, “graças a uma colaboração com o Arquivo Ephemera, os jardins da residência oficial irão mostrar uma exposição de cartazes do 25 de Abril”.

“Prestando homenagem às oficinas clandestinas de impressão e ao seu papel na resistência à ditadura, a Oficina do Cego — Associação de Artes Gráficas irá proporcionar workshops de impressão de postais tipográficos e de cartazes”, acrescenta-se.

Para as 16:00, está previsto o início do espetáculo musical “Mais Alto!”, que integra o plano de comemorações oficiais da Comissão dos 50 anos do 25 de Abril.

“Recorrendo ao poder da música e da palavra, este espetáculo pretende sensibilizar crianças e jovens para a ideia e para a prática da democracia”, refere-se na mesma nota.

Ainda neste período da tarde, haverá um espaço de leituras, denominado “Novas Cartas Portuguesas”.

O último evento do dia de comemorações na residência oficial do primeiro-ministro acontecerá às 17:30, com o início do espetáculo de Dino d’Santiago.

Leia Também: Carolina Deslandes lembra casting para banda de Dino D’Santiago

Deixe um comentário