Aveiro. Festival de Jazz quer figurar nos itinerários europeus

 

Entre outros músicos de referência, participa no evento o saxofonista inglês Andy Sheppard, que atuará com a Orquestra de Jazz da Universidade de Aveiro (UA) e dirigirá uma ‘masterclass’.

“Um, dois… um, dois, três, quatro… Cinco minutos jazz” anuncia o genérico do programa mais antigo da rádio assinado por José Duarte, divulgador cujo acervo pessoal se encontra hoje na UA e constitui o primeiro de vários acervos nesta área depositados ou doados àquela universidade.

A vice-reitora para as “Políticas de Cultura e Vida”, Alexandra Queirós, explica o propósito do programa da iniciativa: “O ‘Campus Jazz — Festival de Jazz da Universidade de Aveiro’ pretende ser um evento que articula investigação, formação e divulgação do jazz”.

O evento, além de integrar um conjunto de concertos de nomes relevantes na área da música, como Andy Sheppard ou LAN Trio, do pianista Mário Laginha, “tem também como propósitos a divulgação e fruição do acervo documental e musical existente na UA, através de exposições e a disseminação da investigação sobre jazz na Universidade”.

O programa multifacetado, articulando formação, investigação, mediação e promoção do jazz, “abre-se à participação de diferentes públicos e acolhe toda a comunidade, com atividades previstas para várias cidades da região de Aveiro”.

O festival arranca no Dia Internacional do Jazz (30 de abril) e prolonga-se até 11 de setembro.

A faceta pedagógica do programa traduz-se na ‘masterclass’ de Jazz/Improvisação, liderada por Andy Sheppard e dirigida à comunidade académica da UA, às escolas de Ensino Oficial e Profissional da região e à comunidade artística em geral.

Para além de Andy Sheppard, outras referências do jazz participam no festival, como é o caso do trompetista vietnamita Cuong Vu, integrado no novo projeto do baterista Mário Costa, ou o duo Kintsugi, formado por Luís Figueiredo e João Mortágua.

“A ligação da Universidade de Aveiro ao Jazz iniciou-se em 2007 com a criação do Centro de Estudos de Jazz, acolhendo o acervo do divulgador de jazz José Duarte. Trata-se do único centro de estudos em Portugal dedicado ao jazz que tem gerado uma forte dinâmica, quer no quadro da investigação quer no ensino do Jazz desta Universidade”, explica ainda a vice-reitora.

Leia Também: Mão Morta, Lena d’Água, jazz e clássica no Auditório de Espinho até junho

Deixe um comentário