Bad Bunny e Blackpink lideram edição histórica e inclusiva do Coachella

O Coachella, um dos mais aclamados e conhecidos festivais de música do mundo, anunciou na terça-feira um dos cartazes mais inclusivos da sua longa história, ao incluir apenas artistas não-brancos na frente de cada dia do evento.

Na frente do marco histórico está Bad Bunny. O artista porto-riquenho, que em 2022 dominou todas as listas de artista mais reproduzido no mundo, em várias plataformas (além de ter tido a digressão mais lucrativa do ano passado), será o primeiro músico latino a encabeçar o festival.

Segundo a Variety, Bad Bunny cresceu tanto em 2022 que, numa análise a tendências de entretenimento digitais, um em cada 14 vídeos ou áudios latinos transmitidos na internet inclui o álbum ‘Un Verano Sin Ti’.

O festival norte-americano, que decorre em Indio, na Califórnia, estende-se ao longo de dois fins de semana e Bad Bunny vai ser o principal nome dos dias 14 e 21 de abril.

Ugh was stuck in drafts 🫠

Register now for access to passes at https://t.co/qujCsdlTip. Presale begins Friday, 1/13 at 11am PT. Very limited Weekend 1 passes remain. For your best chance at passes, look to Weekend 2. pic.twitter.com/5zMQ4dJZHq

— Coachella (@coachella) January 10, 2023

Nos dias 15 e 22 de abril, o maior nome é BLACKPINK. O grupo feminino também fará história como a primeira banda de k-pop a marcar presença como cabeça-de-cartaz no Coachella Valley Music and Arts Festival, cimentando ainda mais o crescimento do estilo musical no consumo de música ocidental.

Finalmente, os dias 16 e 23 de abril serão liderados por Frank Ocean. O rapper devia ter encabeçado a edição de 2020, mas a pandemia acabou por atrasar a sua atuação.

Ocean, que inovou durante a década de 2010 com a sua abordagem experimental ao hip-hop (especialmente através do seu álbum ‘Blonde’, lançado em 2016), tem lançado apenas singles desde essa produção, entre outros projetos extramusicais. A inclusão do artista norte-americano no cartaz levou muitos fãs a especular sobre o lançamento de um novo álbum, para acompanhar a atuação.

O Coachella conta com muitos mais nomes de peso no seu longo elenco. O festival vai acolher também as atuações de Rosalía, Calvin Harris, Gorillaz, Pusha T, Björk, Chemical Brothers, Angèle, Charli XCX, Marc Rebillet, Hiatus Kaiyote, Kali Uchis, Weyes Blood, entre muitos outros.

Leia Também: Kendrick Lamar e Rosalía confirmados no Primavera Sound do Porto

Deixe um comentário