Bailarino Marcelino Sambé eleito ‘Personalidade do Ano’ da AIEP

“A AIEP distingue Marcelino Sambé, 28 anos, pelo seu percurso artístico ímpar e pelo caminho percorrido como português de raízes africanas, dos chamados ‘bairros sociais’ ao maior palco de dança da Europa”, lê-se no comunicado da associação, que destaca o lugar cimeiro do vencedor da 33.ª edição do prémio, “numa das maiores e mais prestigiadas companhias de bailado do mundo”.

O português Marcelino Sambé entrou para a Royal Ballet em 2012, atingindo o lugar de bailarino principal em 2019.

Em 2022, foi condecorado com o grau de Cavaleiro da Ordem Militar de Sant’Iago da Espada, pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

“Marcelino Sambé tem sido motivo de orgulho para Portugal desde que alçou voo para a profissionalização em Londres. Tem uma carreira brilhante e, este ano, pudemos acompanhar ainda mais atentamente as suas conquistas”, explicou Caroline Ribeiro, presidente da AIEP, citada no comunicado da associação.

O Prémio da AIEP tem como objetivo distinguir a pessoa ou a instituição que contribuiu para promover a imagem do país no estrangeiro durante o ano.

A distinção é atribuída desde 1990, pelos cerca de 50 jornalistas estrangeiros acreditados em Portugal, inscritos na Associação, e toma o nome da jornalista norte-americana Martha De La Cal (1926-2011), correspondente em Portugal da revista Time durante mais de 40 anos.

No ano passado, o prémio foi atribuído ao vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, antigo coordenador da ‘task force’ de vacinação contra a Covid-19.

Leia Também: Kodaline e Luísa Sonza no 1.º Festival Authentica. Começa esta 6.ª feira

Deixe um comentário