Banda Antytila agradece apoio de Portugal e dos imigrantes ucranianos

Numa mensagem especificamente dirigida aos milhares de ucranianos que estão em Portugal, Taras Topolya, que serve com outros elementos da banda em unidades de defesa territorial (serviços militarizados de segurança desempenhados por civis) pediu a continuação do apoio e elogiou Portugal, considerando-o um país com semelhanças com a Ucrânia.

“Olá a todos, estou situado em Kiev e quero dizer a todos os ucranianos em Portugal que sei o que estão a fazer para nos ajudar. Sei que vamos ganhar e a vossa ajuda é muito importante para nós”, afirmou o vocalista da banda, uma das mais populares da Ucrânia, que também gravou uma mensagem no seu idioma, terminando com o tradicional “Slava Ukrainii!” (Glória à Ucrânia!).

“Mantenham-se unidos, façam eventos de caridades. Tudo ajuda”, pediu o músico, que elogiou também Portugal, onde a banda gravou o videoclip de uma música (‘Tu acreditaste’), usando como cenário de fundo a Casa do Penedo, na Serra de Fafe, que pode ser visto em https://youtu.be/0kExxJnXbQE.

A Ucrânia “é como Portugal”, disse, comparando a gastronomia — “foi a primeira vez que comemos carne grelhada na fogueira, no meio de uma vinha” — e o comportamento das pessoas.

“Há muitos ucranianos em Portugal e temos lá muitos amigos”, disse Taras Topolya, prometendo um regresso para breve.

“Não tenho só esperança [de regressar], eu sei que iremos a Portugal nadar no mar”, assegurou.

Com centenas de milhar de fãs, os Antytila são uma das bandas de maior sucesso da Ucrânia e hoje os seus elementos integram as forças de defesa territorial do país, uma decisão tomada logo nos primeiros dias da guerra, que teve início a 24 de fevereiro.

Leia Também: AO MINUTO: EUA e UE avançam com apoios; Fim da guerra a 9 de maio?

Deixe um comentário