‘Cidade Natal’ regressa em dezembro para animar e atrair visitantes

A Câmara Municipal da Guarda promove o evento natalício entre 1 e 25 de dezembro e o centro das festividades será na Praça Luís de Camões ou ‘Praça Velha’, junto da Sé Catedral, localizada no “coração” da cidade.

Segundo o presidente do município, Sérgio Costa, que apresentou o evento natalício em conferência de imprensa, o programa inclui iluminação de ruas, árvore de Natal (com 12 metros de altura), Carrossel Parisiense, comboio (que fará um circuito no centro da cidade), mercadinho de Natal (para venda de doces e outros produtos locais próprios da época), animação, concertos, concurso de montras e o tradicional Madeiro, entre outras iniciativas.

O autarca adiantou que o Madeiro de Natal vai regressar este ano à ‘Praça Velha’ e vai arder, como é tradição, no dia 24 de dezembro, lembrando tratar-se de um momento que é “ponto de encontro de centenas de guardenses”.

O programa de animação de Natal da autarquia da cidade mais alta do país contempla a realização de concertos de Natal, entre 5 e 18 de dezembro, nas igrejas da cidade (Misericórdia, São Vicente, São Miguel, São Pedro e Bonfim) e nas várias freguesias do concelho (de 3 a 19 de dezembro).

O largo Frei Pedro receberá a Árvore de Vitrais e o Jardim José de Lemos perto de 80 ‘Pinheiros de Natal’ que vão estar enfeitados com adornos das escolas do 1.º ciclo do ensino básico, jardins-de-infância e instituições da rede social.

A Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço e o Museu da cidade também acolherão exposições, oficinas, leituras encenadas, teatro e contos de Natal.

O município, em colaboração com a Associação Empresarial NERGA, promove, mais uma vez, um concurso de montras, que terá votação “exclusivamente online” na página internet da autarquia.

O programa de Natal encerra, como já é tradição, com o espetáculo ‘Vamos Cantar as Janeiras’, no grande auditório do Teatro Municipal, nos dias 6 e 7 de janeiro de 2022.

No evento ‘A Cidade Natal – Onde o Natal brilha mais alto’, o município presidido pelo independente Sérgio Costa investe 245 mil euros.

Com o esforço financeiro, o município deseja que “as pessoas voltem à rua, os guardenses, os habitantes de toda a região, os forasteiros de Espanha e de toda a região centro do país”.

“Afinal, de contas, o nosso comércio local precisa tanto e tanto dessa boa gente, para fazer negócio e dar sustentabilidade às suas famílias, às suas empresas”, disse o autarca.

A autarquia está a fazer um investimento “mais comedido do que o habitual”, devido à pandemia, mas está a “dar um sinal claro daquilo” que o executivo que lidera pretende fazer no futuro, segundo Sérgio Costa.

As iniciativas de animação natalícia terão “algumas restrições” devido às normas de segurança impostas pela Direção-Geral da Saúde por causa da pandemia.

Leia Também: UHF dão concerto especial de Natal no Coliseu do Porto

Deixe um comentário