Concurso de fotografia põe caretos e farrapões a desfilar online

 

A Junta de Pitões das Júnias convida a população a mascarar-se, tirar uma fotografia e concorrer até 16 de fevereiro, dia em que se assinala o Carnaval nesta aldeia do distrito de Vila Real, de forma diferente por causa da pandemia de covid-19.

Em vez de percorrerem as ruas da daquela localidade, os caretos e os farrapões vão desfilar “online”. Estas figuras são homens, mulheres ou crianças que independentemente da idade se vestem de forma a nunca serem reconhecidos.

A junta salientou, em comunicado, que o objetivo do concurso é “divulgar, promover e criar uma memória digital dos protagonistas deste Entrudo tradicional”.

Os caretos são as figuras que vestem o melhor fato e usam ouro e renda boa na cara.

Por sua vez, os farrapões são as figuras mais descuidadas vestindo roupa velha sem padrão definido apenas mantendo a obrigação de não serem reconhecidos.

Estes protagonistas do Entrudo de Pitões não dispensam ainda os chocalhos, as campainhas e os paus.

Nos desfiles, tradicionalmente os caretos iam aos pares vestidos de homem e de mulher, acompanhados de um homem, o guardião, cuja função é a de evitar a proximidade ou o contacto dos mais curiosos que têm a intenção de revelar a sua identidade.

De acordo com o regulamento do concurso anunciado pela Junta de Pitões das Júnias, as fotografias devem ser individuais e há um limite de uma fotografia por concorrente.

Pode candidatar-se qualquer pessoa interessada, local ou visitante, à exceção das pessoas que compõem o júri.

Os participantes não podem ser reconhecidos (pela fotografia) e têm que de usar renda para tapar a cara.

No caso de ser um careto, tem de usar roupa nova e tapar a cara com renda e, se for um farrapão, tem de usar roupa velha e tapar a cara sempre com renda ou outro disfarce.

As fotografias serão expostas no dia 17 de fevereiro (quarta-feira de cinzas) no site e Facebook daquela autarquia e a entrega dos prémios aos três melhores classificados ocorrerá a 21 de fevereiro naquela localidade do concelho de Montalegre.

Deixe um comentário