Conto musicado de José Saramago em espetáculo no Teatro do Funchal

 

A informação divulgada pela principal casa de espetáculos da Madeira refere que o espetáculo será protagonizado pela Orquestra Académica do Conservatório- Escola profissional das Artes da região.

O projeto, que foi encomendado pelo Teatro Municipal do Funchal, sendo uma produção que representa um investimento de 3.500 euros.

A nota menciona que “para ser transformado num conto musical, o texto foi adaptado, reduzido em tamanho e linguagem simplificada”.

Esta versão foi aprovada pela Fundação José Saramago, realça o TMBD, sendo o escritor galardoado com o Prémio Nobel da Literatura homenageado na edição da Feira do Livro do Funchal deste ano que começou a 12 de novembro e se prolonga até dia 21.

Além dos músicos, dirigidos pela batuta de Francisco Loreto, o conto será dramatizado pelos alunos do Curso Profissional de Artes do Espetáculo com a encenação de Diana Pita daquela instituição.

Este conto é “ao estilo de Pedro e o Lobo estreado por Sergei Prokofiev, em 1936”.

“Habituado a escrever composições deste género e de outros também para o público infanto-juvenil, Sérgio Azevedo revelou o cuidado para prender a atenção das crianças, simplificando a linguagem, usando brinquedos como instrumentos e criando música muito cinematográfica”, indica a nota difundida.

Também recorda que este conto foi escrito por José Saramago por altura da Expo 98, impresso num formato de livro de bolso, tendo “o compositor ficado feliz por ter a oportunidade de trabalhar este texto mais profundo do que parece”.

Sérgio Azevedo estreou o seu primeiro conto em 2009 com ‘História de uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar’ de Luis Sepúlveda.

O compositor, que é professor na Escola Superior de Música de Lisboa, tem já uma dezena de trabalhos realizados nesta área.

O TMBD recorda que os contos musicais tornaram-se populares a partir dos anos 80 “para captar novos públicos”, tendo começado a ser uma aposta em Portugal mais tarde, em 2000.

A 47.ª Feira do Livro do Funchal, dedicada ao escritor José Saramago, tem uma programação que inclui a presença de 48 escritores e 16 concertos

Leia Também: Festival de Curtas de Macau apresenta mais de 130 filmes em dezembro

Deixe um comentário