Escritor francês Dominique Lapierre morreu aos 91 anos

O escritor morreu na sexta-feira, segundo a família, que vivia na localidade de Ramatuelle, na região da Provença.

Lapierre, nascido em Paris em 1931, é conhecido, entre outros títulos, pelas obras “O Quinto Cavaleiro” ou “A cidade da alegria”, sobre a pobreza em Calcutá, da qual o realizador Roland Joffé fez uma adaptação ao cinema em 1992.

O autor tinha sido repórter para a revista Paris Match, e as suas experiências de vida na Índia serviram para inspirar a novela, que vendeu milhões de exemplares, destinados em parte à luta contra a miséria naquele país.

Também são da sua autoria “Meia-noite em Bopal”, sobre a fuga de gás tóxico de uma fábrica norte-americana naquela cidade da Índia que provocou 10 mil mortos e 500 mil feridos e que ficou conhecida como o maior desastre industrial de sempre.

Muitas das suas obras, como “Paris Arde?”, foram escritas em conjunto com o também jornalista norte-americano Larry Collins, com quem assinou ainda “Esta noite liberdade”, ou “Levarás luto por mim”, sobre a vida do toureiro Manuel Benítez “El cordobés”.

Leia Também: ‘Canibal japonês’ Issei Sagawa morre aos 73 anos

Deixe um comentário