Feira do Livro de Cuba volta a realizar-se em 2022

 

A 30.ª edição — que decorrerá entre 10 e 20 de fevereiro — também fará uma especial homenagem pelos cem anos do nascimento dos poetas cubanos Carilda Oliver Labra e Jesús Orta Ruiz, anunciou o Instituto Cubano do Livro nas redes sociais.

Será também dedicada aos 140 anos da publicação do poemário “Ismaelillo” (1982), do poeta e revolucionário cubano José Martí (1853-1895), uma das obras de poesia mais emblemáticas e influentes do modernismo cubano, e à novela “Cecilia Valdés o La Loma del Ángel”, de Cirilo Villaverde (1812-1894), segundo o mesmo instituto.

Autores, editores, tradutores, ilustradores, distribuidores e público em geral terão acesso a uma praça desenhada para exibir, comercializar e promover a literatura cubana e estrangeira, segundo o anúncio oficial da próxima edição do certame.

A Feira Internacional do Livro de Cuba começa tradicionalmente na capital, Havana, e desloca-se depois a várias províncias da ilha.

Mais de uma centena de convidados de 44 países participaram na edição anterior, de 2020, que teve o Vietname como país convidado.

Em 2021, a feira não se realizou devido às restrições sanitárias exigidas para conter a pandemia covid-19.

Leia Também: Estatuto dos Profissionais da Cultura é um “instrumento decisivo”

Deixe um comentário