Galeria Municipal do Porto recebe novas exposições a partir de sábado

“Erro 417: Expectativa Falhada” quer ser uma “ferramenta de resistência contra-hegemónica”, com obras de Alice dos Reis, Aliza Shvarts, Ana Hipólito, Carlota Bóia Neto, Catarina Real, Daniela Ângelo, Elisa Azevedo, Gisela Casimiro, Hilda de Paulo, Jota Mombaça, Odete e Xavier Paes.

Sob a curadoria de Marta Espiridião, explora “noções de falhanço e sucesso, em particular na relação com o contexto económico capitalista e as diversas condicionantes estruturais, como a etnia, o género ou a condição social”, explica a nota de imprensa enviada pela Galeria Municipal do Porto.

Esta exposição foi selecionada no âmbito do projeto “Expo’98 no Porto”, que atribuiu duas bolsas.

É também inaugurada no sábado a mostra “A Hora Antes do Pôr-do-Sol”, da artista Milena Bonilla, com curadoria de Juan Luis Toboso.

Os trabalhos partem “dos ensaios e cartas da filósofa e economista Rosa Luxemburgo para propor a construção de um imaginário situado entre o passado e o presente, cruzando literatura, botânica, referências históricas e mitologias coletivas”.

As exposições têm entrada livre e podem ser visitadas até 13 de fevereiro de 2022, de terça-feira a domingo, entre as 10h00 e as 18h00.

Leia Também: Exposição nos Açores lança olhar coletivo sobre momentos de partilha

Deixe um comentário