Génio. Louco. Deus. Jim Morrison morreu há 50 anos em Paris (e o rock não voltou a ser o mesmo)

A 3 de julho de 1971, o turbulento vocalista dos Doors seguia os passos de Jimi Hendrix, Brian Jones e Janis Joplin, e engrossava a lista macabra de músicos que se despediram do mundo aos 27 anos. Foi também aí que James Douglas Morrison se transformou numa estrela ainda maior do que aquela que os anos 60 poderiam ter sustentado, “o único verdadeiro poeta vomitado pelo rock and roll”. No dia em que passam 50 anos da sua partida, republicamos a história de um homem tão genial como imprevisível. Jim Morrison morreu, o Rei Lagarto está vivo
Blitz
Read More

Deixe um comentário