Gisela João, Rita Red Shoes e Lena d’Água em S. João da Madeira

 

A programação da sala de espetáculos incluirá ainda projetos de poesia envolvendo figuras como Júlio Machado Vaz e Rodrigo Guedes de Carvalho, além de concertos de Jazz por Ricardo Toscano e Carlos Bica, atuações das bandas do Exército e da Força Aérea, e teatro com Carlos Cunha.

“Ambicionamos novas experiências e experimentações, para retomar com força após dois anos atípicos, e, mesmo com contingências, não paramos o investimento e a criação de parcerias. Os pilares de programação de sucesso foram mantidos e reforçados, e arriscaremos eventos de plateia em pé”, diz fonte da autarquia que gere essa sala de espetáculos do distrito de Aveiro.

O primeiro concerto do programa principal é, a 05 de março, o da Orquestra Ligeira do Exército, a que se segue o da cantora Gisela João e depois o espetáculo teatral ‘Aldebarã – Uma viagem galáctica pela diversidade’, da plataforma Terra Amarela.

No mesmo mês há ainda propostas relacionadas com a iniciativa anual ‘Poesia à Mesa’: um serão poético com o médico psiquiatra Júlio Machado Vaz e o guitarrista Pedro Joia; e a apresentação do projeto ‘Ruge’, com o jornalista Rodrigo Guedes de Carvalho, mais Daniela Onís e Ruben Alves.

Os espetáculos seguintes são a performance para o público infantil ‘Mais alto’ e o concerto de guitarra portuguesa por Marta Pereira da Costa, seguindo-se as coreografias ‘Lowlands’, pela Companhia Instável, e ‘A caminhada’, por Bruno Alexandre.

Maio faz-se com Rita Red Shoes e Expensive Soul, junho com a brasileira Mallu Magalhães e a performance infantil ‘Casulo’, pela companhia Ventoínha, e julho com a peça de teatro ‘Ai a minha filha’, protagonizada pelos atores Carlos Cunha e Erika Mota, e com um concerto dos Cassete Pirata ao ar livre, no Parque do Rio Ul.

António Zambujo sobe ao palco a 17 de setembro, seguindo-se a Orquestra Sem Fronteiras, a performance infantil ‘Baloiçar’ da companhia Quinto Palco, o concerto da cantora Lena d’Água, a atuação da Banda da Força Aérea e duas propostas pela associação Play Last: a coreografia ‘Last’ e ‘O silêncio de Saramago’.

Para o ciclo ‘Novembro Jazz’ estão previstas as atuações do trio brasileiro de Amaro Freitas, da cantora Mimi Froes, do Ricardo Toscano Quarteto, do projeto infantil ‘Flauta Doce e os sons de arrepiar’ e do trio ‘Azul’ do contrabaixista Carlos Bica.

Para dezembro, por sua vez, está anunciado o espetáculo final do projeto comunitário Holograma, desenvolvido com a Casa da Música, e o concerto infantil com projeção de desenhos animados ‘A casinha de gengibre’, pela Orquestra da Costa Atlântica.

No âmbito do programa ‘Alternativa à Quinta’, a Casa da Criatividade vai ainda receber, ao longo de todo o ano, o cantautor Luca Argel, a banda The Miami Flu, a performance ‘Metafisicamente d’outro mundo’, o trio Bardino, o grupo Minta & The Brook Trout, a cantora e guitarrista Nádia Schilling, o coletivo Time for T e contrabaixista e compositor André Carvalho.

 

Deixe um comentário