‘Hermitage’ dos Moonspell entrou diretamente para o 1.º lugar do top

‘Hermitage’, o mais recente álbum dos Moonspell, entrou diretamente para o 1.º lugar da tabela de vendas da Associação Fonográfica Portuguesa, fazendo assim com que o heavy metal chegue a um lugar de destaque no cenário da música nacional. 

Na semana de lançamento, refere o comunicado enviado às redações, o 13.º álbum da banda portuguesa ascendeu ainda a várias tabelas de vendas internacionais em lugares cimeiros. Entre eles, destacam-se o 10.º lugar na tabela oficial de vendas físicas na Finlândia, o 17.º lugar no Top Polaco, e o 19.º lugar no Top Alemão. 

Também na Suíça, na Bélgica, nos EUA e no Canadá os Moonspell granjearam um especial destaque. Os Moonspell foram, inclusive, o 14.º artista mais vendido da semana no Top New Artists do Billboard. 

Numa entrevista recente ao Notícias ao Minuto, o vocalista Fernando Ribeiro descreveu este novo álbum como o “disco mais adulto” da banda, “com maior enfoque no contexto humanitário, na crise de valores, na falência da empatia”. 

O ‘Hermitage’ começou a ser produzido em 2017, “num tempo e num mundo diferente”. À medida que os anos foram passando, confessou o vocalista, o álbum foi ganhando “cada vez mais consistência. Foi um processo pacífico, muito virado para o interior da banda, sem convidados, sem muitas pessoas externas ao nosso núcleo duro. Foi desafiante mas recuperador e talvez tenha salvado os Moonspell de um fim prematuro em 2019”.

Leia Também: ‘Hermitage’, o álbum que pode ter salvado os Moonspell “do fim prematuro”

Deixe um comentário