Homer deixou de estrangular o filho Bart em ‘Os Simpsons’. Eis o motivo

Quase 34 anos e 35 temporadas depois, a série de animação ‘Os Simpsons’ – que conta as peripécias diárias de Homer, Marge, Bart, Lisa e Maggie Simpson – deixou oficialmente de fazer uma das suas piadas mais conhecidas. Em causa está o facto de os tempos terem “mudado” e, por isso, Homer deixou de estrangular o filho Bart.

Ao longo dos mais de 700 episódios, emitidos desde a estreia de série a 17 de dezembro de 1989, foram várias as vezes que Homer estrangulou o filho como forma de castigo, que acontecia sempre que o pequeno Bart contava uma piada ou fazia alguma asneira.

No terceiro episódio da nova temporada, transmitido na semana passada, foi explicada a razão pela qual a violência terminou.

Homer e Marge dão as boas-vindas a uma nova família que se mudou para o seu bairro. Durante o cumprimento, outro homem elogia a firmeza do aperto de mão de Homer.

Após o elogio, o pai vira-se para a mulher e diz: “Vês, Marge? Estrangular o miúdo valeu a pena”. E depois acrescenta: “Estou a brincar, já não faço isso. Os tempos mudaram”.

I just found out that, after over 30 years, The Simpsons has finally retired their long-running gag of Homer strangling Bart.

Took them long enough lmao pic.twitter.com/JuHyNu1eiK

— Simon A. (Baby Lamb Creations) (@BabyLamb5) November 2, 2023

Nas redes sociais, foram vários os comentários a aplaudir a decisão dos argumentistas da série de animação, considerando que se tratava de uma “prática antiquada”, que representava “abuso infantil”.

Leia Também: As séries e filmes que poderá ver este mês na Disney+

Deixe um comentário