José Cid: “Não me coíbo de fazer um disparate. No meio de poesia sublime gosto de escrever um ‘Favas com Chouriço’”

“Gosto de acordar um dia astronauta e outro camionista. Quero ser sempre incoerente”, afirma Cid, que acaba de publicar o seu 25º álbum de estúdio
Blitz
Read More

Deixe um comentário