‘Lord of the Rings’: Orc desenhado para se parecer com Harvey Weinstein

O episódio mais recente do podcast ‘Armchair Expert’, que é apresentado pelo ator Dax Shepard e por Monica Padman, teve como convidado Elijah Wood e os filmes da trilogia ‘Lord of the Rings’ foram tema de conversa. Uma conversa que levou a uma revelação inesperada que envolve Harvey Weinstein e a máscara de um dos orcs dos filmes.

No entanto, antes de lá chegarmos importa ter um pouco de contexto sobre a forma como a popular trilogia podia ter sido diferente.

A meio da década de 90, a Miramax, de Harvey Weinstein e do seu irmão Bob, comprou os direitos dos livros de J.R.R. Tolkien e até avançaram com uns milhões de euros para o desenvolvimento de filmes.

No entanto, Peter Jackson, o realizador e produtor, e Fran Walsh, argumentista, não demoraram a perceber que os filmes não seriam feitos como os tinham idealizado. Pediram então a Harvey Weinstein para permitir-lhes negociar os filmes com outros estúdios.

A Miramax mostrou-se disposta a autorizar isso, mas com duas condições que dificultavam muito a tarefa de Jackson e Walsh: o acordo com outro estúdio tinha de ser estabelecido no fim de semana seguinte e quem aceitasse tinha de concordar fazer os filmes de uma só vez.

“A janela de tempo era absurda”, recordou Elijah Wood no podcast, explicando que a maioria dos estúdios mostrava relutância em fazer mais do que um filme. “A opinião geral era, ‘Não, temos de ver como o primeiro filme se sai e depois investimos o resto do dinheiro’”, disse.

Elijah Wood recordou a estória no podcast ‘Armchair Expert’© Reuters  

Mas, como se sabe, Peter Jackson conseguiu chegar a acordo com a New Line Cinema.

E é neste ponto da conversa que Wood conta que uma máscara de um dos orcs dos filmes “foi desenhada para se parecer com Harvey Weinstein, como uma espécie de vai-te f****”.

A revelação gerou uma gargalhada geral no podcast. “Acho que é OK falar disto agora, o tipo está preso. Ele que se f***”, atirou Elijah Wood.

Leia Também: Angelina Jolie acusa Harvey Weinstein de assédio. Produtor já respondeu

Deixe um comentário