Loyle Carner e Jessie Ware entre primeiras confirmações do Paredes de Coura

No ano em que celebra “30 históricas edições”, o Vodafone Paredes de Coura “acontece repleto de estreias no festival: o novo hip-hop britânico de Loyle Carner, o moderno soul de Jessie Ware, o emblemático indie de The Walkmen e a explosiva fusão de jazz e afrobeat dos Kokoroko, algumas das primeiras confirmações”, refere a promotora Ritmos num comunicado hoje divulgado.

No cartaz do festival, que irá decorrer entre 16 e 19 de agosto, “também a versatilidade do rock estará presente, misturado com o post-punk de Dry Cleaning, o psicadélico de Tropical Fuck Storm e o inovador art punk com post-hardcore de Les Savy Fav”.

Os passes gerais, com um custo de 120 euros, já estão à venda.

Em 2022, o cartaz do Vodafone Paredes de Coura incluiu artistas e bandas como Pixies, Beach House, Parquet Courts, Turnstile, L’Impératrice, Arp Frique & Family, Ty Segall, The Blaze e Manel Cruz.

No ano passado, depois de dois anos em pausa devido à pandemia da covid-19, o festival teve a edição com mais campistas de sempre, cerca de 16 mil.

Leia Também: Paredes de Coura 2022 foi “a melhor” e “mais cara de sempre” e regressará

Deixe um comentário