Mentoria a músicos emergentes em três concertos no Teatro Aveirense

 

No seu primeiro ano, o ‘Monitor’, projeto de mentoria de Aveiro, apresenta ao vivo no dia 09, naquela sala de espetáculos, Mema, Vénus Matina e Bang Avenue, num evento que marca também a abertura de candidaturas para a segunda edição.

Mema (Aveiro), Vénus Matina (Aveiro) e Bang Avenue (Viseu) estarão em palco para três concertos que “celebram o final de um percurso de aprendizagem, troca de conhecimentos e contacto com os bastidores da indústria musical”.

O “Monitor” é um projeto de mentoria criado no âmbito da estratégia municipal “Cultura em Tempos de (In)Certeza”, para responder às dificuldades do setor artístico na fase de pandemia.

O projeto obteve mais de 30 candidaturas de diversos pontos do país e, após a fase de seleção, foi iniciado um percurso de capacitação com os três projetos escolhidos, que contou com vários especialistas na área da música.

“Foi um processo que se quis nacional e de otimização da carreira de músicos emergentes, conferindo-lhes uma projeção ampla”, referiu fonte da organização.

Para além do percurso de acompanhamento, o “Monitor” contemplou ainda a atribuição de uma verba de dois mil euros por projeto, assim como a atuação ao vivo no Teatro Aveirense.

A iniciativa contou na primeira edição com o apoio de 11 especialistas em várias áreas do setor cultural, tendo sido a tutoria adaptada ao grau de conhecimento e desenvolvimento dos artistas envolvidos no projeto.

 

Leia Também: Criadores cabo-verdianos mostram ao mundo as suas obras em plataforma

Deixe um comentário