Morreu ator ícone do humor argentino Enrique Pinti aos 82 anos

“Hoje é um dos momentos mais tristes da história do teatro argentino”, comentou o Comafi na sua página na rede social Twitter, sobre “uma enorme referência” daquela casa de espetáculos na capital argentina.

Segundo os media locais, o ator encontrava-se internado no Sanatório Otamendi desde 05 de março, onde faleceu de madrugada.

A notícia da morte de Enrique Pinti provocou uma onda de reações nas redes sociais do país, com centenas de pessoas a despedirem-se, afetuosamente e com nostalgia, do artista nascido em 1939, em Buenos Aires.

Pinti marcou várias gerações de argentinos graças a um excecional sentido de humor, que empregava para refletir sobre a atualidade política, social, local e mundial, muitas vezes de forma mordaz.

O ator fez carreira no teatro, cinema, televisão, rádio, e também no mundo da música e da literatura, tendo publicado mais de uma dezena de livros, fazendo do “café-concerto” o seu máximo expoente.

Um dos seus êxitos, foi “Salsa criolla” (1985), um espetáculo que se manteve mais de dez anos em cartaz, e no qual interpretava de forma satírica vários personagens da história da Argentina e mundial.

Leia Também: Morreu o ator e encenador Jorge Silva Melo

Deixe um comentário