Morreu o poeta Charles Simic, vencedor de um Prémio Pulitzer

Simic morreu numa residência na cidade Dover, em New Hampshire, após complicações de demência, de acordo com o jornal The New York Times.

O poeta venceu o Prémio Pulitzer em 1990 com o livro ‘The World Doesn’t End’ (‘O mundo não acaba’, em tradução simples).

Também foi laureado entre 2007 e 2008 nos Estados Unidos, bem como Prémio Griffin de poesia em 2005 e Prémio Wallace Stevens em 2007.

Nascido em Belgrado em 1938, emigrou para os Estados Unidos aos 16 anos, após uma infância e adolescência marcadas pelo conflito jugoslavo.

O seu pai, exilado político, havia fugido para Itália e detido antes de emigrar para os Estados Unidos, além da sua mãe e irmão terem sido presos pelas autoridades comunistas da antiga Jugoslávia.

As memórias da guerra, do exílio e da vida de emigrante marcaram toda a obra de Simic.

Leia Também: Encenador Daniel Gorjão quer transpor ‘O Lago dos Cisnes’ para teatro

Deixe um comentário