Museu de Lamego encerrado até ao próximo ano para obras de reabilitação

As obras, realizadas no âmbito da operação “Museu de Lamego. Museu para todos”, que representam um investimento global de 1.007.654,40 euros, iniciaram-se em setembro e têm um prazo de execução de 11 meses, estando a reabertura do espaço prevista para depois da conclusão das mesmas.

“As obras de reabilitação visam melhorar as condições de acessibilidade do museu, por forma a reforçar a sua vocação pública e melhorar a experiência cultural e educativa de um público cada vez mais vasto e abrangente, transformando-o num espaço inclusivo, um espaço para todos”, refere o museu, em comunicado.

O objetivo é a “melhoria das acessibilidades física e comunicacional do museu”, de modo a adequá-lo “às diferentes necessidades e interesses da diversidade de públicos”.

Segundo o museu, está prevista “a instalação de um ascensor que permita a visita completa à exposição permanente a visitantes com dificuldades de locomoção”, o que assume especial importância porque “parte significativa das obras em exposição, incluindo 11 dos 18 Tesouros Nacionais”, se encontra no piso superior.

Está também prevista “uma intervenção completa na cobertura e vãos do edifício, dotando o espaço de condições de conforto e acolhimento de visitantes”, acrescenta.

Esta intervenção é promovida pela Direção Regional de Cultura do Norte, ao abrigo do Programa Operacional Regional do Norte 2020.

Desde 20 de setembro que o museu já estava parcialmente encerrado, estando apenas acessível a exposição permanente do primeiro piso. A partir de segunda-feira, o museu fechará integramente ao público.

Leia Também: Tema ‘A Casa’ está a partir de hoje em exposição no Museu de Lamego

Deixe um comentário