Música dos Pink Floyd junta mais de 400 mil euros para a Ucrânia

A banda britânica Pink Floyd anunciou este sábado que a sua música ‘Hey Hey Rise Up’, criada em colaboração com um artista ucraniano, angariou cerca de 480 mil dólares, mais de 449 mil euros, para apoiar a Ucrânia. O dinheiro será doado a instituições de caridade e organizações não governamentais ucranianas, de modo a apoiar os civis em maior risco.

A música foi gravada a 30 de março, com a colaboração do ucraniano Andriy Khlyvnyuk, da banda ucraniana Boombox.

O objetivo dos artistas é “ajudar a aliviar o sofrimento do povo ucraniano”. O valor será doado a um projeto de apoio a civis em Khariv, a uma instituição de apoio jurídico a vítimas da guerra desde 2014, a uma associação de voluntários, a um batalhão de médicos a trabalhar na linha da frente e a uma associação que opera no rio Dnipro,.

Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por Pink Floyd (@pinkfloyd)

O grupo, um dos mais importantes e icónicos da história da música, é atualmente composto por David Gilmour e Nick Mason.

O anterior vocalista da banda, o influente Roger Waters, tem tido opiniões diferentes sobre a guerra, com a sua convicção mais radical em prol da paz e do desarmamento a traduzir-se num apelo à Ucrânia para que ceda à Rússia.

As suas críticas ao governo de Kyiv e a Zelensky valeram-lhe duras represálias em alguns países na Europa de Leste, nomeadamente na Polónia, com os concertos agendados para 2023 a serem cancelados e com o governo polaco a condenar as posições de Waters.

Leia Também: Concertos de Roger Waters cancelados na Polónia. Músico acusa “censura”

Deixe um comentário