Parque natalício na Feira vai abrir com mercado, circo e pista de gelo

Organizado por essa autarquia do distrito de Aveiro, através da empresa municipal Feira Viva, o evento é precedido no dia 24 pela chegada noturna do Pai Natal e, até 30 de dezembro, terá portas abertas ao público durante 22 dias intercalados, em diferentes horários e com propostas pagas e gratuitas.

A iniciativa continuará a ter como recinto principal os jardins da Quinta do Castelo e incluirá atividades no interior da própria fortificação, porque, embora parte da sua muralha tenha aluído recentemente devido ao efeito das chuvas intensas numa zona sujeita a obras, esse monumento nacional mantém-se “visitável”.

O presidente da autarquia, Emídio Sousa, garantiu que “o castelo reúne todas as condições de segurança para voltar a fazer parte de ‘Perlim’, seja no interior, seja no exterior, onde acontecerá o espetáculo diário de encerramento, às 19:00, com pirotecnia”.

Além do castelo, as outras áreas associadas a ‘Perlim’, mas com funcionamento autónomo, são três: o mercado de Natal, que, após uma primeira edição em 2022, regressa ao largo do Rossio com artesanato, restauração e um espetáculo às 19:45 nos 22 dias do programa; o circo espanhol Evolution, que, na tenda montada atrás das Piscinas Municipais, apresentará a produção “Oniria”; e, entre essas duas localizações, a nova pista de gelo, disposta em torno da estrutura de madeira conhecida como “a nau”.

O piso de gelo ocupará uma área de 20 por 16 metros, no que se inclui o recorte para a nau, e será complementada com espaços circundantes para movimentação dos utilizadores e eventos empresariais.

Em todas as estruturas o tema transversal de 2023 é as quatro estações do ano, a propósito das quais a organização afirma: “É na beleza única da diferença que surge a originalidade, a mais especial de todas as virtudes. Da junção de todas as características das diferentes estações, tão únicas quanto especiais, nasce a mais bela obra de arte: a natureza”.

Diferentes aspetos do clima vão assim inspirar os cenários e personagens dos diversos conteúdos da Quinta do Castelo, entre os quais espetáculos de palco e áreas temáticas como a Lapónia, a gruta dos piratas, a arena de dança, o carrossel clássico, a rampa de trenós e as secções de arvorismo e ‘slide’.

Para facilitar o acesso a essa oferta, a Câmara Municipal voltará a oferecer um bilhete de entrada a todas as crianças que, residindo no concelho, frequentem o ensino pré-escolar ou o 1.º Ciclo do Ensino Básico na rede pública ou privada. Este ano, pela primeira vez, a oferta da autarquia integra também um bilhete para o circo.

Também está prevista entrada gratuita, a título vitalício, para todas as crianças que nasçam no Hospital São Sebastião no período de 25 de novembro a 30 de dezembro de 2023. No ano passado, o cartão de acesso privilegiado a ‘Perlim’ foi entregue a 67 meninos e 52 meninas.

Todas essas componentes implicam um orçamento que a Câmara da Feira situa em 900.000 euros.

Se as condições climatéricas não prejudicarem a afluência de visitantes, o evento deverá ser financeiramente autossustentável, sendo que, em contexto ideal, a bilheteira assegurará 80% da receita e os restantes 20% resultarão de ‘merchandising’, aluguer de espaços e patrocinadores.

A atual estratégia da Câmara para a quadra natalícia passa por reforçar a programação envolvendo outros agentes e recursos. “Fizemos uma aposta sem precedentes numa programação de Natal integrada para todo o território, com dezenas de propostas culturais, gastronómicas e de lazer que complementam a oferta de ‘Perlim’ noutras dimensões e que dinamizam a cidade nos dias em que o evento não acontece”, explicou Emídio Sousa.

Leia Também: Lisboa. Já sabemos quando vão acender as luzes de Natal no Chiado

Deixe um comentário