Portugueses integrados em programa de plataforma europeia de Fotografia

A Direção-Geral das Artes (DGArtes), num comunicado hoje divulgado no seu ‘site’, recorda que, “todos os anos, os membros da FUTURES nomeiam um grupo de artistas para se juntar à plataforma”.

“Vindos de diferentes partes do mundo e com um contexto diversificado, estes artistas farão parte de um programa de um ano, com muitas oportunidades para desenvolver os seus projetos e carreira”, lê-se no comunicado, no qual constam os nomes dos três artistas selecionados pela plataforma portuguesa de fotografia Ci.CLO: Carlos Trancoso, Maria João Salgado e Nuno Serrão.

Entre sexta-feira e domingo, “os artistas emergentes da fotografia europeia e representantes das principais instituições internacionais na área da fotografia contemporânea vão reunir-se em Turim, no CAMERA — Centro Italiano per la Fotografia, no âmbito do evento anual da FUTURES — 20 curadores e 100 artistas”, entre os quais os três portugueses.

Segundo a DGArtes, o evento inclui uma exposição, três conversas e cinco ‘workshops’, um dos quais organizado pela Ci.CLO, e que foi realizado pela primeira vez no âmbito da Bienal’21 Fotografia do Porto.

A Ci.CLO/Bienal Fotografia do Porto passou este ano a estar integrada na rede da FUTURES, que é composta atualmente por 19 membros, entre os quais o CAMERA — Centro Italiano per la Fotografia e a PhotoEspaña.

A FUTURES é “uma plataforma de fotografia sediada na Europa que reúne a comunidade global de fotografia para apoiar e nutrir o desenvolvimento profissional de artistas emergentes”.

Leia Também: Trabalhador do Twitter partilha fotografia de chefe a dormir no chão

Deixe um comentário