Rui Reininho: “Sou um anarquista, ponho sempre em causa a autoridade. Essa é a minha bandeira, embora rasgada. Vivam os piratas!”

No mesmo ano em que os GNR celebram a ternura dos 40, Rui Reininho lançou o álbum a solo “20.000 Éguas Submarinas” e reeditou recentemente o seu livro de poesia “Sífilis versus Bilitis”. Chegado à idade da reforma, diz em entrevista ao Expresso que “gostava muito” de se aposentar. Eis o retrato de um artista imune à “febre pelo imediato”, para quem “vale a pena chegar atrasado” e “tops só interessam os que deixam o umbigo de fora”
Blitz
Read More

Deixe um comentário