Serralves. Cargo de Isabel Pires de Lima e José Pacheco Pereira renovado

O despacho assinado pelo ministro da Cultura, Pedro Adão e Silva, está datado de 13 de fevereiro e refere-se ao mandato entre 2022 e 2024.

Como recorda o ‘site’ da fundação, o conselho de administração é composto por nove elementos, incluindo dois nomeados pelo Estado.

Pires de Lima e Pacheco Pereira foram nomeados em 2015 para o conselho de administração da Fundação de Serralves, quando era João Soares o ministro da Cultura.

Na altura, o Governo lembrou que “os dois nomeados são intelectuais portuenses de reconhecido mérito”.

Os dois representantes do Estado têm sido públicos defensores do conselho de administração liderado por Ana Pinho ao longo dos anos, em particular em momentos em que a fundação foi criticada, desde a demissão de João Ribas da direção do museu até às acusações de precariedade na instituição.

O conselho de administração da Fundação de Serralves é presidido por Ana Pinho, com Manuel Ferreira da Silva, Isabel Pires de Lima e José Pacheco Pereira como vice-presidentes. Carlos Moreira da Silva, Manuel Sobrinho Simões, Fernando Cunha Guedes, Tomás Jervell e Armando Cabral são vogais.

Leia Também: Documentário sobre coreógrafa Vera Mantero antestreia em Serralves

Deixe um comentário