Trio português Rumos Ensemble com concertos multimédia no Brasil

Além da capital brasileira, onde o trio realizará na quarta-feira um recital promovido pela Embaixada de Portugal e pelo Camões — Centro Cultural Português em Brasília, a digressão do Rumos Ensemble focou-se, maioritariamente, no estado de Minas Gerais, onde encerrará a sua passagem pelo país sul-americano, com uma apresentação na Câmara Municipal de Santo Antônio do Monte, na sexta-feira.

O projeto ‘Tocando Portugal’ reúne uma seleção de música tradicional de dez regiões portuguesas, arranjadas para o trio composto por Anne Victorino d’Almeida (violino), Luís Gomes (clarinete) e João Vasco (piano).

João Vasco assina ainda a produção audiovisual, que apresenta a diversidade das expressões regionais portuguesas ao público simultaneamente à execução das obras, com filmes inéditos de cada região, evocando a beleza e riqueza natural e arquitetónica do país.

Às imagens, somam-se depoimentos de personalidades de proeminência regional, nacional e internacional, naturais de cada região portuguesa, como António Victorino d’Almeida, Janita Salomé e Carlos Alberto Moniz.

“‘Tocando Portugal’ promove, assim, um concerto marcado pela interdisciplinaridade e a transversalidade estilística de três músicos eruditos de carreiras internacionais assinaladas nos quatro continentes, com olhar para o património musical tradicional português com uma energia contemporânea, porém acessível a todos os tipos de público, do mais erudito ao mais popular”, explicou o Centro Camões em comunicado.

O repertório contará com os temas ‘Ó Rama ó que Linda Rama’, do Alentejo, ‘Malhão’, do Porto, ‘Bailinho da Madeira’, da Madeira, ‘Recordai Nobre Senhor’, do Algarve, ‘Rosinha’, do Minho, ‘Fandango’, do Ribatejo, ‘Tema Tradicional de Mirandela’, de Trás-os-Montes, ‘Indo a Dona Silvana’, das Beiras, ‘Um Homem na Cidade’, de Lisboa, e ‘Olhos Negros’, dos Açores.

O espetáculo chega ao Brasil após passagens por palcos e salas de concerto de Portugal, Alemanha França, Namíbia, África do Sul, Estados Unidos, Cuba, Suíça, Tunísia, Cabo Verde, Espanha, Dinamarca, China, Bulgária e Grécia.

Leia Também: Drake reage à tragédia no festival Astroworld: “Estou de coração partido”

Deixe um comentário