Após JMJ, semana académica estreia-se no Parque Tejo. Conheça o cartaz

A Semana Académica de Lisboa (SAL) anunciou, esta quinta-feira, o cartaz que, este ano, tem uma nova localização. O festival começa no fim de semana de 22 e 23 de setembro, e promete trazer o funk ao Parque Tejo – o novo recinto que será estreado este ano -, em Loures.

Já a 2.ª ronda, marcada para os dias 28, 29 e 30 de setembro, “vai receber alguns nomes bombásticos e também alguns já bem conhecidos do festival, numa mistura de nomes nacionais e internacionais”, lê-se em comunicado enviado ao Notícias ao Minuto.

“Nesta nova edição queremos manter a tradição académica e procuramos ir além dos estudantes da Área Metropolitana de Lisboa. Somos o maior evento académico do ano e um dos maiores festivais de verão de 2023. Tivemos em consideração aquelas que são as tendências mais recentes do mundo da música e dos festivais de verão, e reunimos artistas portugueses e internacionais para conseguirmos garantir que, na SAL, há espaço para que todos se divirtam”, explica Diogo Martinho Henriques, presidente da Associação Académica de Lisboa, citado na mesma nota.

Consulte abaixo os artistas que marcarão presença na SAL:

22 de setembro (6.ª-feira)

MC Kevinho
MC Kekel
Kamala

23 de setembro (sábado)

Bispo
Yasmine
Papillon

28 de setembro (5.ª-feira)

Kevin O Chris
Quim Barreiros,
Toy
La Cuarta Cuerda
Karetus

29 de setembro (6.ª-feira)

MC Livinho
Calema
Pegadinha
Kura

30 de setembro (sábado)

D.A.M.A
Hybrid Theory
Irma

Os passes gerais já estão à venda e têm um custo de 69 euros, com a particularidade de, nesta edição, os festivaleiros poderem fasear o pagamento do bilhete em três vezes. Estes passes, válidos para os cinco dias do evento e mais de 20 concertos, estão disponíveis para compra aqui.

Já os passes diários têm o custo de 25 euros.

O Parque Tejo, em Lisboa, esteve no centro das atenções na última semana devido à vinda do Papa Francisco a Portugal, no âmbito da Jornada Mundial da Juventude (JMJ). A Semana Académica de Lisboa é o 1.º evento a realizar-se no Parque depois do evento católico. 

Sublinhe-se que o Parque Tejo-Trancão foi alvo de obras para receber o Papa Francisco e a Jornada Mundial da Juventude, evento que ocorreu em Lisboa entre os dias 1 e 6 de agosto. Nos dias 5 e 6, os cerca de 100 hectares do parque receberam mais de um milhão e meio de pessoas.

Leia Também: David Fonseca anuncia dois concertos nos Coliseus e novo álbum em 2024

Deixe um comentário