Boom Festival regressa em julho a Idanha-a-Nova com lotação esgotada

A organização escolheu o “Amor Radical” como tema para a realização da 14.ª edição do evento que decorre entre os dias 20 e 27 de julho, na herdade da Granja, em Idanha-a-Nova, distrito de Castelo Branco.

“É a quinta edição consecutiva com lotação esgotada. A pouco menos de dois meses do início da 14ª edição, foram vendidos os últimos bilhetes para o Boom Festival”, explicou a organização, em comunicado.

Nesta edição, vão estar representadas 177 nacionalidades, com destaque para os portugueses, franceses, alemães e israelitas.

Contudo, marcam ainda presença participantes oriundos de locais tão remotos como o Sri Lanka, Uzbequistão, Togo, Austrália, Japão, Emirados Árabes Unidos, Nova Zelândia, Ilhas Salomão e Coreia do Norte.

“Serão 84% de estrangeiros e 16% de portugueses”, referiu a organização.

Em 2009, ano em que o Boom Festival se instalou na Herdade da Granja, a organização transferiu também a sua sede para o concelho de Idanha-a-Nova, criando, desde então, a associação IdanhaCulta, que se dedica ao desenvolvimento social, cultural, recreativo e ambiental.

A organização acabou por adquirir esta herdade de 180 hectares em 2017.

“O Boom é um festival independente, sem patrocinadores, e é reconhecidamente consciente do ponto de vista ambiental, bem administrado e com ações significativas para reduzir o desperdício e reduzir as emissões de gases com efeito de estufa”, lê-se na nota.

No início deste ano, foi distinguido com o ‘Green Festival Award’, o prémio de sustentabilidade mais importante atribuído a eventos culturais, o que aconteceu pelo oitavo ano consecutivo.

Após quatro anos sem edição devido à pandemia da covid-19, a organização decidiu fazer duas edições consecutivas, em 2022 e 2023.

Contudo, os responsáveis do Boom salientam que, apesar de se realizar uma edição em 2023, não pretendem transformar este evento cultural num festival anual.

Leia Também: North Music Festival entre hoje e domingo na Alfândega do Porto

Deixe um comentário