Carlão, Cuca Roseta e Tony Carreira no Festival da Sardinha em Portimão

Entre 1 e 6 de agosto, a zona ribeirinha daquela cidade do distrito de Faro recebe “um dos maiores eventos gastronómicos do Algarve”, realça a organização, a cargo da Câmara de Portimão, depois de no ano passado ter batido “todos os máximos de afluência”, com 110 mil entradas, refere a autarquia em comunicado.

A sardinha assada, a ‘rainha’ da festa, poderá ser degustada num dos cinco pavilhões montados no recinto, assegurados por coletividades e associações desportivas e culturais do concelho, ou nos sete restaurantes da zona que aderem ao evento.

O festival voltará a ser marcado pela animação musical, com quatro palcos distribuídos pela zona ribeirinha.

No palco principal, os espetáculos estão marcados para as 22h00, com as atuações de Carlão (1 de agosto), Áurea (2), André Sardet (3), Virgul (4), Cuca Roseta (5) e Tony Carreira (6).

Além da componente gastronómica e da animação musical, o festival conta com dezenas de expositores com propostas que vão dos bolos e licores regionais até aos petiscos alternativos à sardinha assada, sem esquecer os bordados, ourivesaria, bijuteria, artigos têxteis, calçado e velas artesanais, entre outras.

O início do 27.º Festival da Sardinha, na terça-feira, a partir das 17h00, fica também marcado pela recriação histórica da tradicional descarga de sardinhas, que, até há quatro décadas, era uma atividade característica da zona ribeirinha de Portimão e que se perdeu quando o porto de pesca transitou para a margem oposta do rio Arade.

Associações locais e voluntários dinamizarão a reconstituição deste ano, com trajes, dizeres e meios de transporte da época.

De entrada livre, as portas do festival abrem diariamente às 18h00 e encerram às 24h00.

Leia Também: Adesão ao Festival Músicas do Mundo “está a superar as expectativas”

Deixe um comentário