Companhia Visões Úteis junta jogos a arte, política e cidadania

Em comunicado, a companhia explica que a segunda criação de 2021 pretende “desenhar um formato artístico a partir de um conjunto de encontros” entre os cidadãos da freguesia de Campanhã, no Porto, e os seus representantes políticos ao nível local, nacional e europeu.

“A proposta que traz é a de proporcionar encontros entre um pequeno grupo heterogéneo de cidadãos da freguesia de Campanhã e um pequeno grupo heterogéneo dos seus representantes políticos à volta de jogos de tabuleiro, que acreditamos poder proporcionar interessantes interações e debates”, refere a companhia.

O encontro terá como ponto de partida jogos de tabuleiro e levará ao “questionamento sobre a própria essência da democracia representativa”.

Carlos Costa e Jorge Palinhos, em colaboração com Sofia Ponte, compõem a direção do projeto e vão desenvolver um enquadramento artístico para os encontros que permita “reconfigurar o inesgotável jogo das representações e dos representantes” e que reforce as ‘interrogações dos que participam’ no exercício.

Os 12 jogos selecionados dividem-se entre a exploração de tópicos políticos e mecanismos de colaboração e competição.

Dividido em três jornadas, o projeto vai ser composto por três equipas da freguesia de Campanhã: Contumil, Azevedo e Bonjoia, bem como em três equipas de deputados da Assembleia Municipal do Porto, da Assembleia da República e do Parlamento Europeu.

A primeira jornada arranca no dia 5 de junho, pelas 15:00, no bairro de Contumil com os jogos ‘Team3’ e ‘Paga e Cala’, juntando a Associação Norte Vida aos deputados municipais Carla Leitão, Gustavo Pimenta e Rui Sá.

A segunda jornada está prevista para dia 12 de junho, também pelas 15:00, e vai colocar a Associação Cultural de Atletismo da Bonjoia a disputar os jogos ‘Código Secreto’ e ‘Cidadelas’ com os deputados da Assembleia da República Carla Miranda e José Soeiro.

Já a terceira jornada, prevista para dia 19 de junho pelas 19:00, junta, nos jogos ‘The Mind’ e ‘Pandemic’, a Associação Branco e Negro: Vitória de Campanhã e o eurodeputado Manuel Pizarro.

A companhia acrescenta ainda estar previsto, entre o dia 21 de junho e 11 de julho, que as três equipas de Campanhã se desloquem aos respetivos parlamentos.

A Assembleia Municipal do Porto deverá receber os jogos ‘Vende-se’ e a ‘Ilha Proibida’, a Assembleia da República o ‘Quo Vadis’ e ‘The Resistance’ e o Parlamento Europeu os jogos ‘Intrigue’ e ‘Crazy Eggz’.

Leia Também: Exposição sobre rainha Maria II no Palácio da Ajuda abre amanhã

Deixe um comentário