Conservatório Regional de Setúbal abre Feira de Sant’Iago na sexta-feira

De acordo com informação da autarquia, a iniciativa regressa este ano ao tradicional modelo de duas semanas, a partir de sexta-feira e até 06 de agosto, depois de dois anos de interrupção devido à pandemia de covid-19 e de uma edição em versão reduzida de 10 dias, no ano passado.

Este ano, o evento associa-se às comemorações do centenário do nascimento de Sebastião da Gama com uma exposição sobre a vida e obra do poeta azeitonese e a sua ligação à serra da Arrábida.

“Ao longo de 17 dias, o Parque Sant’Iago, nas Manteigadas, acolhe perto de duas centenas de feirantes que proporcionam aos visitantes um vasto conjunto de opções de divertimento, lazer e oferta gastronómica, com mais de 20 equipamentos de diversão, 30 espaços de restauração e cerca de 30 representantes do movimento associativo”, refere a Câmara de Setúbal.

Ao espetáculo do Conservatório seguem-se, noutros dias, concertos de Aurea, Nenny, João Pedro Pais, Bateu Matou e Linda Martini, o Festival de Dança de Setúbal, com a participação da Setubailas e da Ritmus, e atuações de Cais Sodré Funk Connection e Julinho Ksd.

Da programação fazem também parte concertos de Toy, Bárbara Tinoco, Sara Correia, Deolinda de Jesus, Teresa Tapadas, os Seiva com a Banda Filarmónica da Capricho, Slow J e Pedro Abrunhosa, que encerra a feira, em 06 de agosto.

O dia 29 é dedicado aos mais novos, com ‘Masha e o Urso’ e a ‘Ovelha Choné’.

O presidente da autarquia, André Martins, citado numa nota do município, destacou que “ir à feira é um ato de celebração de Setúbal”.

“Em 2023, celebramos o regresso à total normalidade da nossa festa maior. A Feira de Sant’Iago está de regresso num ambiente de festa que é característico desta tradição secular setubalense. Celebremos este regresso à vida participando na Feira de Sant’Iago”, disse.

No que diz respeito à gastronomia, André Martins destacou que o certame terá “maior variedade de ‘stands’, que se somam às habituais presenças”, com a novidade de acolher um restaurante e marisqueira da cidade que apresentará as suas especialidades no local.

No Espaço Enogastronómico serão também dinamizadas atividades de promoção de produtos regionais e ‘showcookings’ conduzidos por chefes de renome.

No que diz respeito a propostas institucionais, além do Pavilhão Municipal, na entrada principal do recinto podem ser visitados os espaços das juntas de freguesia, dos Serviços Municipalizados de Setúbal, do programa Nosso Bairro, Nossa Cidade e de empresas e associações da região.

O autarca destacou igualmente uma exposição alusiva ao centésimo aniversário do Porto de Setúbal e a Feira do Livro e do Vinil.

Na zona desportiva, é possível participar em atividades desportivas e jogos tradicionais, com o apoio da Associação das Coletividades do Concelho de Setúbal e da Federação das Coletividades do Distrito de Setúbal.

O recinto da feira vai ainda ser animado com artes performativas e música envolvendo companhias e grupos de teatro locais, grupos de samba, bandas filarmónicas e tunas académicas, entre outros artistas.

Leia Também: JMJ. Pelo menos 600 moçambicanos vão participar no evento

Deixe um comentário