Gulbenkian atribui bolsas a 25 alunos de artes para apoiar formação

Este ano, as Bolsas de Formação em Artes no Estrangeiro foram atribuídas a 10 alunos de música, seis alunos de artes visuais, quatro alunos de cinema, três alunos de dança e dois alunos de teatro.

“Os 25 jovens irão repartir-se por diferentes países, nomeadamente Espanha, República Checa, Bélgica, Alemanha, Reino Unido, Países Baixos, Suíça, Áustria e Estados Unidos”, refere a Fundação em comunicado.

Com um investimento de 903 mil euros, o apoio permite apoiar formações entre três meses e um ano, com a possibilidade de ser renovado, e inclui uma mensalidade de 1.500 euros, mil euros para despesas de instalação, 500 euros para viagens e até cinco mil euros para propinas.

A Fundação vai apoiar, este ano, mais cinco estudantes do que no ano anterior.

“Com foco nas vertentes das artes visuais, artes performativas, música e cinema, estas bolsas pretendem ainda possibilitar a concretização de projetos formativos, sem obtenção de grau académico, que estimulem a especialização, a formação contínua e a valorização das carreiras profissionais”, acrescenta o comunicado.

Leia Também: Prémio Gulbenkian distingue “famosos por aquilo que fazem no anonimato”

Deixe um comentário