João Gil na reabertura do renovado Teatro Municipal da Covilhã

 

Em comunicado, a Câmara da Covilhã explica que aquela sala reabre ao público nos dias 12 e 13 de novembro com dois concertos de João Gil, nos quais o músico será acompanhado por convidados surpresa.

A informação acrescenta que o artista, nascido na Covilhã, vai ainda escolher vozes residentes no concelho para o acompanharem em palco”, numa “oportunidade única de atuar com um dos nomes maiores do panorama musical português”.

Os interessados em partilharem o palco com João Gil devem enviar uma gravação vídeo com interpretação livre do tema “Perdidamente” para o endereço de e-mail cultura@cm-covilha.pt, até domingo.

A entrada para os espetáculos é gratuita, mas a reserva do bilhete é obrigatória e pode ser feita a partir do dia 09, na bilheteira do Teatro Municipal da Covilhã, de terça-feira a sábado, entre as 14:30 e as 19:30.

João Gil, 65 anos, é um dos fundadores do grupo Trovante na década de 1970, mas tem o nome também ligado a outros projetos de música portuguesa, entre os quais Ala dos Namorados, Rio Grande e Tais Quais, além de compor, regularmente, para cinema e teatro.

A requalificação do Teatro Municipal incluiu a criação do Centro de Inovação Cultural, num investimento superior a quatro milhões de euros com financiamento aprovado através do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) da Covilhã.

A obra manteve a traça exterior do edifício, mas requalificou todo o interior com destaque para a sala principal.

O edifício conta ainda com quatro espaços de programação servidos por uma equipa de produção, uma sala de aprendizagem pedagógica, gabinetes de trabalho, duas cafetarias, uma livraria, entre outros serviços.

Leia Também: Com Covid-19, Jon Bon Jovi cancela concerto a minutos de subir ao palco

Deixe um comentário