Mostra de Banda Desenhada inclui quatro dezenas de atividades em Coimbra

O evento, que se realizava na Casa Municipal da Cultura, vai decorrer no Convento São Francisco, já que aquele espaço limitava o crescimento da mostra, disse hoje, em conferência de imprensa, o presidente da Câmara Municipal de Coimbra, José Manuel Silva.

De acesso gratuito, organizado pelo município de Coimbra, através da Divisão de Bibliotecas e Arquivo Histórico, a mostra regressa com a produção e programação da GuessTheChoice, da Nerdy Core, da Dr.Kartoon e da Comic Heart, com a colaboração da Sacrion Productions e do Salão/40.

Os fãs de BD e de cultura pop vão poder assistir a sessões cinematográficas, debates temáticos, a apresentações de livros, visitar exposições, participar em sessões de autógrafos, interagir com a comunidade de ‘cosplay’, participar em oficinas e em atividades relacionadas com jogos de cartas e de tabuleiro.

Durante o dia de sábado estará representado o universo da “Guerra das Estrelas”, com diversos conteúdos, tal como um desfile de ‘Stormtroopers’ (tropa de base do império galáctico no universo “Star Wars”).

A Mostra de Banda Desenhada terá uma área para editoras e vários convidados, nomeadamente Jorge coelho, Rita Alfaiate, Joana Afonso, Joana Rosa e Miguel Mendonça.

A Coimbra BD vai ter uma área de ‘Artist Alley’ onde os mais diversos artistas podem dar a conhecer os seus trabalhos, desde banda desenhada aos trabalhos manuais.

Pela primeira vez vai haver também uma zona com conteúdos dedicados aos mais novos, como, por exemplo, a Hora do Conto, ‘curtas’ de animação ou ‘merchandising’, dedicado à cultura pop.

Já o espaço de videojogos terá uma área ‘free to play’, que inclui simuladores e os mais recentes lançamentos desta indústria.

“No que diz respeito à Banda Desenhada, teremos ainda um mural que vai ser construído durante os três dias do evento, em que cada artista convidado vai ter a oportunidade de acrescentar um pouco à história”, afirmou, em representação da Guess The Choice, o responsável pela produção e programação do evento, Pedro Cardoso.

O programa inclui ainda várias atividades relacionadas com ‘cosplay’, assim como um desfile ou exposições permanentes.

“Juntando este espaço à criatividade de banda desenhada, à cultura ‘pop’ e às pessoas que nela trabalham, acho que vamos, este ano, conseguir um grande evento dentro daquela estratégia, que é cada vez fazer mais, praticamente com o mesmo”, sublinhou o autarca, adiantando que o investimento na edição de 2023 foi de nove mil euros, ou seja, mais mil euros que na edição anterior.

A Coimbra BD decorre das 10:00 às 21:00, na sexta-feira e no sábado, e das 10:00 às 18:00, no domingo.

Leia Também: Exposição celebra 100 anos de revistas de BD em Portugal

Deixe um comentário