Museu do Caramulo premiado pela Associação Portuguesa de Museologia

O Museu do Caramulo foi premiado pela Associação Portuguesa de Museologia (APOM), nas categorias ‘Catálogo’ e ‘Comunicação Online’, numa cerimónia que teve lugar a 29 de outubro.

O primeiro prémio na categoria ‘Catálogo’ foi atribuído ao livro ‘Museu do Caramulo – Colecção de Automóveis, Motos e Bicicletas’. A sua paginação estava a ser terminada no início da pandemia, ficando comprometida pela “falta de fundos e incerteza do que seria o futuro do Museu do Caramulo a médio prazo”.

Com uma tiragem planeada de dois mil livros e um “custo de impressão expressivo”, o Museu do Caramulo procurou novas formas de gerar a receita necessária, que passaram pela pré-venda do livro a empresas e a particulares, colocando uma referência aos seus nomes nas páginas iniciais da publicação. A instituição conseguiu “não só financiar a totalidade da impressão do livro, assim como gerar um resultado positivo relevante, que foi crucial” à sua manutenção durante a pandemia.

Além desta distinção, o Museu do Caramulo arrecadou também o primeiro prémio na categoria ‘Comunicação Online’, atribuído ao portal ‘O Meu Clássico’ – uma plataforma orientada para os “atuais e futuros proprietários de veículos clássicos que disponibiliza, de forma gratuita, informação útil e necessária à posse e utilização de um veículo antigo”. ‘O Meu Clássico’ surgiu devido ao aumento exponencial de pedidos de ajuda e de esclarecimento relativos a automóveis clássicos no que toca a restauros, manutenção, conservação, legislação, avaliação e outras questões, sobre as quais a informação disponível era “inexistente, incompleta, dúbia ou não verificada”.

Leia Também: Casa Fernando Pessoa é o museu português do ano 2021

Deixe um comentário