Odeith, Mário Belém e Los Pepes Studio pintam murais na Amadora

A 8.ª edição do Conversas na Rua, “que promove a arte urbana pública na Amadora, através de um conjunto de intervenções plásticas provenientes de diferentes disciplinas artísticas, nomeadamente a pintura, o muralismo, a ilustração e o graffiti”, decorre entre 03 e 16 de setembro, refere a Câmara Municipal da Amadora, num comunicado hoje divulgado.

Como habitualmente, os artistas convidados irão realizar intervenções artísticas em vários locais da cidade.

Participante no projeto desde a primeira edição, Odeith, um filho da terra, vai estar a pintar na Avenida Gorgel do Amaral, na freguesia das Águas Livres.

Natural da freguesia da Damaia, Odeith começou a pintar na rua e em linhas de comboios, trabalhou mais de uma década em tatuagens e deixou murais nos bairros da Cova da Moura, 6 de Maio e Santa Filomena, enquanto desenvolvia a técnica 3D (três dimensões), uma das características mais marcantes do seu trabalho.

Os murais na Amadora com as figuras da fadista Amália Rodrigues, do guitarrista Carlos Paredes, do músico José Afonso e do futebolista Eusébio são da sua autoria.

A mesma freguesia da Amadora onde Odeith pintará este ano, a das Águas Livres, passará este ano a ter também murais de Mário Belém, Guido Palmadessa, Mariana Santos e Pitanga.

Mário Belém, que no seu trabalho explora “várias temáticas, designadamente a comunicação, a cultura popular e a condição humana”, vai pintar na Praceta de Santa Cruz; Guido Palmadessa, que atualmente reside em Berlim e cujos trabalhos “derivam das disciplinas da pintura, do desenho e do muralismo”, estará na Avenida Marechal Sá da Bandeira; e Mariana Santos, cujo trabalho “é de natureza figurativa, centrado no desenho, pintura e gravura”, na Escola Secundária da Amadora e Pitanga, cujas obras mostram “ambientes luminosos, coloridos, que derivam do seu mundo imaginário”, na Avenida do Brasil.

Daniela Guerreiro, que enquanto pintora figurativa pretende sobretudo “mostrar a realidade, nua e crua, ou seja, a sua visão do mundo”, estará a pintar na Avenida Dr. Fernando Piteira Santos, na freguesia da Mina d’ Água.

Já a dupla Los Pepes Studio (Meggie Prata e Francisco Leal), que “tem desenvolvido um corpo de trabalho geométrico, cheio de padrões e com alguns elementos antropomórficos”, estará a pintar no muro da Estrada da Portela, junto ao Pavilhão Nuno Delgado, na freguesia de Alfragide.

No âmbito do Conversas na Rua, cuja primeira edição decorreu em 2015, já foram realizadas na Amadora quase 50 intervenções murais, da autoria de vários artistas portugueses provenientes de diferentes disciplinas artísticas, desde a pintura e a ilustração ao graffiti.

Estas obras estão entre os mais de 100 trabalhos de arte urbana espalhados pelas paredes da Amadora e que integram o Mapa da Arte Urbana da Amadora, disponível ‘online’.

Este ano, o Conversas na Rua integra a iniciativa Amadora em Festa, que entre 08 e 18 de setembro assinala o 43.º aniversário da cidade da Amadora, e cuja programação inclui música, dança, exposições, deporto e a Festa do Livro.

Leia Também: Sistema de videovigilância na Amadora autorizado por mais três anos

Deixe um comentário