Odemira recorda Amália Rodrigues com visitas guiadas e espetáculo de fado

Trata-se de mais uma edição do evento “Odemira recorda Amália”, promovido pela Fundação Amália Rodrigues em parceria com o município de Odemira para celebrar e recordar a fadista que construiu uma casa de férias, nos anos 70 do século XX, em Brejão, na freguesia de São Teotónio.

De acordo com o município, o programa arranca com visitas guiadas à casa de férias de Amália, entre as 14:00 e as 16:50, e uma homenagem ao marido da fadista, César Seabra, que inclui a apresentação de um vídeo com imagens inéditas.

Segue-se uma Missa Campal de homenagem a Amália Rodrigues, pelas 17:00, no jardim da Herdade, presidida pelo padre Júlio Lemos.

Segundo o município, “Odemira Recorda Amália Rodrigues” é um evento simbólico que tem por objetivo celebrar a vida e obra da fadista e manter viva a sua ligação à localidade do Brejão, onde Amália tinha o seu refúgio de férias e passava largas temporadas, com grande ligação à comunidade local.

O dia dedicado a Amália Rodrigues encerra com um espetáculo de fado no jardim da Herdade, juntando em palco os fadistas Ana Marques e Pedro Viola, acompanhados à guitarra portuguesa por Fernando Vicente e à viola por Bruno Davide.

A iniciativa conta com o apoio da Junta de Freguesia de São Teotónio e do Centro Cultural do Brejão, com a colaboração da Herdade Amália Rodrigues.

Leia Também: A Garota Não e Jorge Palma no Cineteatro Avenida de Castelo Branco

Deixe um comentário