Paulo Bragança, Carminho e kuduro de Pongo na 46.ª Festa do Avante!

O cartaz da edição deste ano foi divulgado num suplemento do jornal Avante!, o órgão oficial do PCP, que revela os artistas que vão atuar durante os três dias da festa comunista.

Paulo Bragança vai atuar com um conjunto de canções do repertório de Adriano Correia de Oliveira. A homenagem ao antigo militante do PCP, numa altura em que se celebra o 80.º aniversário do seu nascimento, vai percorrer os discos e a música de intervenção das décadas de 1960 e 1970 como “O Canto e as Armas”, “Gente de Aqui e de Agora” e “Que Nunca Mais”.

As guitarras portuguesas vão acompanhar Carminho no palco do certame político-cultural comunista, numa altura em que a artista está a preparar o quinto álbum, com lançamento previsto para 2023.

A ‘rapper’ Capicua, autora de músicas como “Casa de Campo” e “Vayorken”, sobe ao palco para apresentar “Mão Verde II”, um projeto ecologista, com as letras da artista portuguesa e a música composta por Pedro Geraldes, Francisca Cortesão e António Serginho. “Mão Verde II” é um projeto destinado aos mais pequenos com o propósito de os consciencializar sobre o consumo de recursos naturais e a preservação da natureza.

A Festa do Avante! também vai receber os sons de Angola e o kuduro de Pongo, antiga vocalista da banda Buraka Som Sistema, que a organização descreve como uma artista que procura “refrescar constantemente a herança do género, alargando o seu estilo com sons de todo o mundo”.

Fogo Fogo com Dany Silva apresentam na rentrée comunista “‘Fladu Fla’, composto por oito temas originais e mais outros dois escolhidos do cancioneiro de funaná cabo-verdiano.

Também vai haver atuações de Marta Ren, Carlos Leitão e do cubano Emílio Moret, com Vitorino Salomé.

A 46.ª edição da Festa do Avante vai realizar-se entre os dias 02 e 04 de setembro, na Quinta da Atalaia, no Seixal, distrito de Setúbal.

Leia Também: Concerto sinfónico dedicado ao centenário de Saramago no 1º dia do Avante

Deixe um comentário