Português ‘Raticida’ premiado no Festival de Cinema de Huesca

Este festival de curtas-metragens teve este ano em competição 79 filmes de 29 países, candidatos a três prémios Danzante (ibero-americano, internacional e documentário).

‘Raticida’ venceu o prémio Danzante Ibero-americano “pela sua grande qualidade cinematográfica” e por ser um “retrato marcante de um universo marginal onde se integra o contexto sociopolítico atual da problemática migratória na Europa de maneira orgânica e necessária”, segundo um comunicado da organização do festival.

Os vencedores dos outros prémios Danzante foram ‘Le Point de Reprise’, do francês Nicolas Panay, na categoria Internacional, e ‘Liturgy of Anti-Tank Obstacles’, do ucraniano Dmytro Stukholytkyy-Sobchuk, na categoria de Documentário.

O filme ‘Le Point de Reprise’, segundo os jurados, “transmite de forma fantástica a luta dos trabalhadores e das trabalhadoras pelos seus postos de trabalho, evidenciando as problemáticas de viver num sistema capitalista”.

Quanto a ‘Liturgy of Anti-Tank Obstacles’, uma coprodução dos Estados Unidos e da Ucrânia, é uma “poderosa e elegante narrativa que descreve como diferentes materiais se convertem em símbolos de guerra e paz, graças à resiliência e ao trabalho das pessoas que vivem no conflito”, lê-se no mesmo comunicado divulgado hoje pelo festival de cinema de Huesca.

Os tês filmes vencedores recebem 5.000 euros cada um e entram na pré-seleção para os Óscares, por este festival ser um dos seis que se realizam em Espanha que qualificam diretamente para os prémios atribuídos pela academia de cinema norte-americana.

‘Raticida’ recebeu no ano passado o Grande Prémio da Competição Internacional no festival de cinema de Cork, na Irlanda.

O filme já foi também selecionado para as competições da edição deste ano do Festival Internacional de Cinema de Cartagena de Índias (Colômbia) e do Curtas Vila do Conde.

Além de ‘Raticida’, estava também na competição da 51.ª edição do festival de Huesca ‘Ice Marchants’, de João Gonzalez, candidato aos Óscares este ano, na categoria de Melhor Curta-Metragem de Animação.

Leia Também: Há cinema português em competição no festival de Annecy que começa hoje

Deixe um comentário