Tiroliro & Vladimir antecipam novo álbum com o single ‘Onde Foste Tu?’

‘Onde Foste Tu?’ é o single de antecipação do novo álbum da dupla Tiroliro & Vladimir, ‘Os Imparáveis Tiroliro & Vladimir’, que aponta o dedo “aos senhores do mundo e, no final de contas, à nossa própria consciência, em nome de um futuro melhor.”

Marcado pela consciência ecológica que nos lembra os ‘hippies’, o tema foi escrito por Jorge Galvão durante a separação da dupla, devido à estada de Gimba no Texas, em 1978. “Após uma introdução que engana o ouvinte, levando-o a pensar que se trata de uma canção ‘celta’, logo o instrumental explode para um rock de barba dura, num compasso não binário, ele próprio ‘desalinhado’ com os padrões estabelecidos”, descreve a banda.

O álbum, por sua vez, trata-se de “uma viagem ao reportório inédito e esquecido desta dupla formada em 1977 por Gimba e Jorge Galvão”, que, por volta de 1985, se transformaria no trio ‘Os Afonsinhos do Condado’, quando se lhes junta o baixista Nuno Faria.

“Este disco resulta de um curioso trabalho de arqueologia cerebral, pois não existia nenhum registo destas canções. Todas as cassetes gravadas na altura, entre as quais a do seu primeiro concerto desapareceram com o tempo, bem como quaisquer blocos ou cadernos com letras escritas. A (boa) memória dos dois conseguiu recuperar vinte e duas dessas canções, dezoito das quais integram o CD”, adiantam.

‘Os Imparáveis Tiroliro & Vladimir’ conta ainda com a participação de amigos da dupla, entre os quais Nuno Faria, no contrabaixo, Gui (Xutos e Pontapés), nos saxofones, ou Paulo Mariño (Sétima Legião/Gaiteiros de Lisboa), “que toca as inconfundíveis gaitas de foles no início deste single, cujo videoclip foi realizado por Jorge Galvão”. Há ainda a registar o contributo de Fausto Ferreira (piano elétrico), Luís Gaspar (bateria), Nuno Reis (trompete), Francisco Silva (contrabaixo), Pedro Lopes, Inês Santos e Violeta Galvão (vozes adicionais).

Produzido, gravado e misturado pelos dois autores, ‘Os Imparáveis Tiroliro & Vladimir’ estará disponível a partir de 21 de janeiro. O primeiro concerto de apresentação, por sua vez, será no dia 28 do mesmo mês, no Titanic Sur Mer, em Lisboa.

Leia Também: Restauro da ‘Ronda da Noite’ leva a mais precisa foto de obra de arte

Deixe um comentário